POLICIAIS...

Foto do suspeito de ter matado o radialista Renato Machado

Morte de radialista

A Polícia Civil realizou uma operação na manhã desta quinta-feira(10/01), na praia de Atafona, São João da Barra, e apreendeu um revólver que pode ter sido a arma utilizada para matar o radialista Renato Machado. Na mesma operação, a Polícia prendeu uma mulher, que seria  esposa do principal suspeito de praticar o crime, um homem identificado como Ricardinho(foto abaixo). O homem encontra-se foragido. O revólver foi encontrado no interior da casa do suspeito.
Policiais faziam uma operação para cumprir mandados de prisão relacionados a outro crime, mas podem ter elucidado a morte do radialista Renato Machado. A arma, um revólver calibre 38, tinha quatro cápsulas deflagradas e passará por exame de balística.

Após algumas horas de investigação, o crime contra o empresário Francisco Júnior Pessanha da Silva, 56 anos, conhecido como Chico do Trio, a Polícia Civil já tem a identificação dos assassinos.o delegado adjunto da 134ª Delegacia de Policia do Centro, Rodrigo Maia, disse que levantamento de informações e testemunhas serem ouvidas, conseguiu identificar os autores do crime que ocorreu na manhã desta quinta-feira (10/01). Um dos criminosos foi identificado apenas como Fernando, mais conhecido como Leleco. O mandante do crime é um ex-funcionário do prédio, em que o Francisco estava construindo e os dois estariam tendo desentendimentos devido à rescisão de contrato e valor de pagamentos”, disse o delegado.Ainda de acordo com Rodrigo Maia, a vítima foi atingida por três tiros á queima roupa, sendo um na nuca, no tórax e braço. A arma do crime teria sido um revólver calibre 38.O CRIME


Chico do Trio foi assassinado a tiros, por volta das 12h30 desta quinta-feira (10/01), enquanto trabalhava na construção de um prédio na Rua Ricardo Quitete, no Jóquei, em Campos.
Segundo informações de populares, Chico estava em frente à obra segurando um portão enquanto um caminhão de areia era descarregado, quando dois homens em uma moto efetuaram três tiros contra ele.

O caso foi registrado e está sendo investigado por policiais da 134ª Delegacia de Polícia, no Centro de Campos. 


Motorista de van assassinado com pelo menos 10 tiros na Vila Manhães


Mais um homicídio foi registrado nesta quinta-feira (10/01), em Campos. Desta vez o crime aconteceu no início da noite, no bairro Vila Manhães. O segundo caso em menos de oito horas.José Augusto Soares, de 52 anos, mais conhecido como Maravilha e motorista de van, foi atingido com pelos menos 10 tiros, sendo a maioria na região da face.Segundo informações de populares, José dirigia o Astra prata, placa KQN-6523?Campos dos Goytacazes, pela Rua Projetada A quando teria sido fechado por uma moto de modelo e placa não identificados. Os dois homens que estavam no veículo efetuaram os disparos e fugiram.O crime aconteceu por volta das 18h30m. No local a Polícia Militar recolheu vários projéteis de pistola calibre .40 e 9mm.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário