Coletivos da Itapemirim fora de circulação..

RUI UHLMANN

Os moradores que utilizam o transporte coletivo da RJ-216 (Campos/Farol) foram novamente surpreendidos na manhã desta terça-feira (05/07) quando constataram que os coletivos da Aviação Caiçara não estavam circulando.É que já no final da noite de ontem, segunda-feira (04/07) a empresa foi informada que o Juiz Cláudio Cardoso França, da 5ª Vara Cível da Comarca de Campos, havia revogado decisão do Juiz Paulo Assed que   havia concedido liminar a empresa, derrubando a primeira decisão, do próprio Juiz Cláudio Cardoso França,que havia decidido que  os ônibus da empresa Itapemirim não poderiam  atender a esta linha, que é concedida a Caiçara.Ontem, segunda-feira (06/07), a Empresa Itapemirim foi comunicada de que não mais poderia praticar a cobrança de R$ 1 no trecho que tem a concessão Federal, que passa por toda a região norte do município de Campos, no trecho que compreende Campos/Cachoeiro-ES e Campos/Muqui-ES, linhas que são concedidas a empresa Itapemirim desde 1964.Representantes das empresas, que fazem questão de ressaltar que são distintas e consequentemente, com CNPJ´s distintos, afirmam que estão tomando as medidas cabíveis e que vão recorrer no Tribunal de Justiça (TJ/RJ) nesta terça-feira (05/07), com a expectativa de conseguir reverter a decisão de forma imediata. Já com relação ao fato de não colocarem os coletivos nas ruas nesta terça-feira, a afirmação foi de que não havia outra forma a não ser cumprir a determinação da Justiça.A ação foi movida pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Campos/Setranspas. O secretário de Governo de Campos, Geraldo Pudim, declarou que a posição da municipalidade é em favor da população, que não pode ser prejudicada, mesmo que com decisões judiciais.











 

Nenhum comentário:

Postar um comentário