Ministério Público quer parar obra no Maracanã

O procurador Maurício Andreiuolo, do Ministério Público Federal, vai pedir à Justiça a paralisação da reforma do Maracanã. Segundo ele, a permissão para a obra, concedida pela Superintendência Regional do Instituto Histórico e Artístico Nacional, é ilegal e desrespeita o tombamento do estádio.Até segunda, Andreiuolo dará entrada em Ação Civil Pública com pedido de liminar contra o Iphan e a Emop, Empresa de Obras Públicas. Afirma que, com a demolição de sua marquise, o estádio ficará descaracterizado: “Haverá, na prática, a construção de um novo estádio”. Neste sábado ocorrerá, no Rio, sorteio dos grupos das eliminatórias da Copa

Nenhum comentário:

Postar um comentário