Morreu no trabalho...

O operário Diogo de Souza Crisostomo, de 24 anos, morreu esmagado por uma peça de uma máquina’bate-estaca’, enquanto trabalhava na obra do Central Park, numa área onde funcionou o estacionamento da Santa Casa, na Avenida 15 de Novembro, no Centro de Campos. A Polícia interditou o local. O fato ocorreu no início da tarde desta quinta-feira(28). No local, está sendo construído o primeiro edifício-garagem de Campos. A empresa responsavel pela obra ainda não se pronunciou sobre acidente que vitimou o operário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário