Viúva da Mega-Sena vai pedir desbloqueio dos R$ 100 milhões. Ela tem direito a 50%

Conhecida como a viúva da Mega-Sena, Adriana Almeida, 34 anos, foi absolvida, por volta das 2h de ontem, pelo Tribunal do Júri, em Rio Bonito. Por maioria de votos, os jurados entenderam que não havia provas suficientes para condená-la pela morte de Renné Senna, dono de uma fortuna de R$ 52 milhões. Caso o Ministério Público não consiga reverter a decisão, começa uma nova disputa pela herança do ex-lavrador, que hoje pode chegar a R$ 100 milhões,se o recurso do MP  não for aceito, Adriana dará entrada em ação para receber a herança. Pelo testamento, a viúva tem direito a metade da fortuna, bloqueada pela Justiça.


 Os outros três acusados de participação no crime também foram inocentados. “Julgo procedente o pedido para absolver os quatro acusados por ausência de provas”, comunicou a juíza Roberta dos Santos Braga Costa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário