Campos amanhece sem ônibus

Roberto Virgílio
Greve no setor de transporte coletivo urbano de Campos pega de surpresa, centenas de pessoas  que se aglomeraram nos pontos de ônibus em toda a cidade nesta terça-feira.De acordo com o presidente do Sindicato da categoria, Roberto Virgílio, o motivo da paralisação foi : Atraso do pagamento ,repasse do inss que não é feito,fgts não é recolhido, férias de muitos trabalhadores que já gozaram do direito, sem receber,cerca de 200 rescisões de uma única empresa que ainda não foram pagas; contra-cheques que não são fornecidos aos funcionários e o fim do acúmulo da função de motoristas que também atuam como cobradores.Dificil a situação.Agora só não concordo com a paralisação de surpresa,isso prejudica ainda mais a população usuária.Esse setor anda complicado há muito tempo.Além desses problemas trabalhistas entre as empresas e funcionários,temos a questão do atendimento a população que reclama da demora do onibus,da conservação dos onibus.Essas situações explondem quase que diáriamente aqui ná rádio.É preciso dar um basta misso,ninguem aguenta mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário