Demolição

A Prefeitura de São Paulo antecipou para as 16h deste domingo (1º) a demolição do Edifício Moinho, na região central. O prédio teve suas estruturas comprometidas após um incêndio na Favela do Moinho no dia 22 deste mês. Desde então, a circulação dos trens da CPTM está interrompida no local.Prédios localizados no raio de 500 metros do local da implosão terão de ser desocupados duas horas antes porque há risco de morte. Os moradores só deverão poder voltar aos imóveis depois de meia hora.O edifício está desocupado há mais de 30 anos. A estrutura é antiga e, segundo a Defesa Civil, ficou comprometida depois do incêndio. Por causa do risco de desabamento, a circulação dos trens que passam por lá está interrompida.A Prefeitura diz que o trabalho de limpeza do entulho começa logo depois da implosão e que as linhas da CPTM devem ser liberadas para circular no trecho até terça-feira (3).

Nenhum comentário:

Postar um comentário