Acusado de ser o mandante do crime que vitimou o radialista Renato Machado é considerado foragido pela justiça

fOTO :  Vagner Basilio
O principal suspeito pela morte do radialista sanjoanense Renato Machado, Eloy Barcelos de Almeida Lopes, de 45 anos, teve novo pedido de prisão expedido e já é considerado foragido não só pela Polícia Civil, mas também pela justiça.A delegada titular da 145ª Delegacia Legal (SJB), Madeleine Farias, explicou que o primeiro mandado, cumprido no dia cinco de fevereiro, era um pedido de prisão temporária, para efeito de investigação e desta vez, o Ministério Público denunciou o empresário e os outros dois envolvidos por homicídio qualificado, decretando a prisão preventiva dos suspeitos.Segundo Madeleine, já foram feitas diligências para cumprimento do mandado, na manhã deste sábado (09/03), nos três endereços do empresário, nos municípios de Campos e São João da Barra, mas o mesmo não foi localizado e, portanto, já é considerado foragido da justiça.Com a denúncia do Ministério Público, Eloy deixa de ser suspeito e passa a ser acusado de ser o mandante do crime que vitimou o radialista Renato Machado, no dia 08 de janeiro deste ano. A delegada pediu para que quem souber o paradeiro de Eloy entre em contato com a polícia, através do disque denúncia da polícia Civil, no número (22) 2741 1373.

Nenhum comentário:

Postar um comentário