FUTEBOL CARIOCA,OS 4 GRANDE DO RIO...

Adriano voltou a figurar no noticiário esportivo na última semana. Sem jogar há mais de um ano, o Imperador está sendo cogitado no Palmeiras. Foi, inclusive, elogiado pelo treinador Gilson Kleina. Em sua casa, no entanto, as portas estão fechadas. Com o burburinho sobre a possível volta do atacante aos campos, o diretor de futebol Paulo Pelaipe foi questionado se o Flamengo poderia ser, mais uma vez, o destino.Sem meias palavras, o dirigente criticou com veemência o Imperador e lembrou que ele já jogou no lixo oportunidades recorrentes, até mesmo do próprio Flamengo.O Adriano primeiro precisa de um psiquiatra. Ele tem que se tratar. (As pessoas) têm que parar de passar a mão por cima. Ele tem que fazer terapia, se cuidar. Não adiantar treinar de manhã e ir para a noite. Nos planos do Flamengo, ele não passa nem em sonho. 

Depois de enfim conseguir o terreno para o seu futuro centro de treinamentos, a diretoria do Fluminense trabalha agora em projetos de investimento e captação de recursos para tocar as construções no local. O clube acredita que precisará de R$ 10 milhões a R$ 13 milhões para erguer a estrutura - sem contar a infraestrutura - em Jacarepaguá, e boa parte do orçamento (cerca de R$ 5 milhões) deverá ser destinado a estudos e preparos do solo. Há a necessidade também da construção de vias de acesso ao local, atualmente com mato alto e sem uma rua de ligação entre a avenida principal, o CT e a Escola Sesc. De acordo com a prefeitura, cada m² do terreno custa cerca de R$ 221 e o valor total da área gira em torno de R$ 8,7 milhões.Inicialmente, o acordo com a prefeitura previa, além do terreno, que o Fluminense recebesse mais R$ 6,5 milhões para as obras. A Ambev, parceira do clube através da Brahma, entraria com a mesma quantia, totalizando R$ 13 milhões. Ao longo das negociações, no entanto, ficou decidido que a prefeitura cederia apenas o terreno. As mudanças agora fazem necessária uma nova conversa com a Brahma para rediscutir o apoio da empresa ao projeto.Apesar das alterações no projeto inicial, a diretoria tricolor demonstra confiança internamente e garante ter a parte financeira para a construção do CT muito bem encaminhada. 

O primeiro dia de trabalho de Paulo Autuori no Vasco serviu quase que como uma apresentação aos jogadores. Portanto, na manhã desta segunda-feira, o treinador fez sua estreia no comando da equipe e mostrou seu estilo de trabalhar. A atividade tática, de quase duas horas de duração, apresentou um técnico que valorizou a conversa, a discrição e o trabalho intenso.Carlos Alberto não viu o abatimento que René Simões percebeu no vestiário antes do jogo e em campo na noite em que decidiu demitir o técnico Gaúcho do comando do Vasco. O camisa 10 defendeu o ex-técnico, que também havia recebido apoio de Paulo Autuori e Roberto Dinamite na coletiva de apresentação do novo treinador do Vasco. Para o meia-atacante, o que aconteceu foi que a equipe não conseguiu jogar bem novamente e foi dominada pelo Nova Iguaçu, na noite em que perdeu a terceira partida consecutiva.O Vasco enfrenta o Olaria nesta quarta-feira, às 16h, em Moça Bonita, em busca da recuperação na Taça Rio. Hoje, o clube aparece em último no Grupo A

A expulsão de Seedorf na vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Madureira pode render um prejuízo além da suspensão automática do meia no jogo contra o Friburguense, na quinta-feira. Na súmula o árbitro Philip Georg Bennett registra que o holandês teria dito que ele estava “de palhaçada”. A tendência é que o jogador seja enquadrado no artigo 243-F (ofender alguém em sua honra), que prevê uma pena de quatro a seis partidas (os casos de ofensas aos integrantes do quadro de arbitragem têm punição mais severa).Nesta segunda-feira, o gerente executivo alvingero Aníbal Rouxinol Segundo, disse que conversou com Seedorf e o holandês garantiu não ter proferido as palavras citadas pelo juiz. Neste caso, o clube terá de encontrar alguma saída para provar que a súmula não corresponde à verdade.O julgamento de Seedorf ainda não tem data para ser realizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário