Nova técnica para implantes dentários já é aplicada em Campos

A evolução ao longo dos tempos vem atingindo as mais diferentes áreas e a odontologia é uma delas. Novas técnicas são descobertas a todo o momento e as já existentes são transformadas e aperfeiçoadas de acordo com as necessidades dos pacientes.Com uma expectativa muito acentuada voltada para a área odontológica, uma nova técnica começou a ser utilizada diminuindo o sofrimento, o período de tratamento, além da praticidade oferecida. Conhecido como Flapless, o método facilita a colocação de implantes e oferece inúmeras vantagens se comparada à cirurgia convencional.Ao invés de abrir a gengiva do paciente com incisão de bisturi, além do inchaço e sangramento, e também o tempo de duração do tratamento, que levava de três meses para reabrir a gengiva e de um a dois meses para a finalização, a nova técnica proporciona mais conforto ao paciente, permite uma recuperação rápida para a sua vida profissional e social e leva em torno de apenas dois meses para a colocação do implante fixo.Em Campos, a intervenção já é aplicada pelo cirurgião-dentista, Dr. Adão Barcelos. Com 25 anos de experiência na área e realizando há 20 a colocação de implantes, ele aplica a Flapless há cinco meses na cidade. Segundo o dentista, atualmente o paciente procura além de uma perfeita estética, rapidez e o menor sofrimento possível.“Essa técnica não precisa fazer uma abertura grande, não tem rescisão gengival, não fica com cicatriz, sangra muito pouco e não causa o inchaço, o que dificulta o procedimento”, afirma Dr. Adão.Com um pequeno corte no local específico, o dentista insere o implante provisório e o paciente já fica possibilitado a comer normalmente. Além disso, não há necessidade de ponto, o pós-operatório é mais tranqüilo e praticamente sem dor. Mas o antigo procedimento ainda é usado de acordo com as necessidades e a situação de cada um.O cirurgião-dentista afirma ainda, que cada vez mais os pacientes estão aderindo a Flapless e ressalta a importância de acompanhar os novos avanços da área.“Por mês faço em torno de 30 implantes e já cheguei a fazer de 10 a 12 em um só dia. Uma cirurgia dura apenas 10 minutos e depois só é recomendado ao paciente tomar um antibiótico e remédio para dor que serão receitados. É muito importante sempre estar se atualizando, a todo dia, a toda hora, realizando cursos e se informando também na internet”, finalizou o cirurgião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário