Praias não indicadas para banho...

Verão, Ano Novo e Carnaval. Períodos em que muitas pessoas procuram por praias e diversão. Mas, antes de se programar, o turista precisa ter certos cuidados e verificar se o local escolhido está propício para o banho, para não transformar a tão esperada férias em dor de cabeça.Algumas praias da Região Norte Fluminense, como nas cidades de Macaé, São Francisco do Itabapoana e São João da Barra, não estão indicadas para banho.  Algumas delas apresentavam mais coliformes fecais que o permitido pelo INEA
, o que caracteriza a contaminação. Foi o caso das praias do Sossego e do Sonho, em São Francisco e de Atafona, no município sanjoanense.Voce deve estar se perguntando como coliformes fecais nestas praias se não existe ligação de esgoto pro mar ? Então,é  que essas praias mencionadas tem sua foz nos rios da região,vem pelo rio. No caso de São Francisco a foz é do Rio Guaxindiba e de São João da Barra do Rio Paraíba do Sul.
No caso de Macaé, três, das nove praias avaliadas, estão impróprias para o banho. São elas: Aeroporto, Forte e Praia da Barra de Macaé. As praias de Cavaleiros, Campista, Imbetiba Barreto, Lagomar, além da Praia do Pecado estão liberadas para a prática.Para evitar micoses, diarreias e outras doenças o ideal é passar longe das praias impróprias, não entrar no mar depois de períodos chuvosos. A orientação é para que 24h depois de chuva, os banhistas evitem o banho de mar. A observação vale para qualquer praia. Além disso, o turista deve dar preferência as praias que não recebam água de rios, canais e córregos.A praia de Farol de São Tomé, único litoral campista, não apresentou irregularidades e está liberada para os banhistas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário