Estado do Rio em alerta máximo

Rios  que cortam oito municípios,no Estado do Rio  de Janeiro estão cheios, foi dado  alerta máximo no estado devido às chuvas que começaram no final da tarde deste domingo (17/03). O alerta máximo é o nível mais grave entre os quatro usados pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) para medir o risco de cheia dos rios do estado.O alerta máximo significa que o rio já atingiu 80% do seu nível de transbordamento. Alguns rios, como o Quintandinha e o Piabanha, que cortam a cidade de Petrópolis, já transbordaram, de acordo com o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc.Em   Petrópolis, o bairro da Quintandinha foi um dos mais afetados. O município decretou ponto facultativo nas escolas municipais, para receber pessoas que precisarem sair de suas casas. Ainda chove na cidade e as equipes da Defesa Civil estão com dificuldade para chegar aos locais afetados. Pelo menos três mortes por deslizamentos de terra foram confirmadas. ITAPERUNA : A chuva forte que cai desde a madrugada desta segunda-feira (18/03) inundou ruas na cidade de Itaperuna, Noroeste do Estado do rio de Janeiro. Os usuários da saúde não conseguiram chegar ao principal Hospital da região, o São José do Avaí, pois as ruas de todo o quarteirão onde fica localizado no centro da cidade estão submersas.Os passareiros também estão tendo dificuldades para sair de Itaperuna por meio de transporte coletivo. O Terminal Rodoviário João Paulo II que fica no bairro Cidade Nova está operando de maneira precária, pois as ruas do seu entorno estão quase todas embaixo d’água impedindo o acesso de quem tem que tomar os ônibus. 
Alguns trechos da BR 356 foram invadidos pelas águas, como na altura da Avenida Presidente Dutra que ficou completamente coberta impedindo que carros de passeio trafeguem pelo local. A expectativa é que ainda continue chovendo no decorrer do dia causando ainda mais transtornos na cidade. O Valão da Cehab começou a transbordar por volta das 10h30 atingindo várias ruas marginais deixando mais uma vez moradores do bairro apreensivos com mais uma cheia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário